Pescar é enfrentar saudáveis desafios, é fazer amizades, é conhecer novos lugares e abrir novos horizontes. É conviver com a natureza. É ser companheiro.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Um robalo de peso...

As baixas temperaturas sentidas nos últimos dias têm sido um impedimento para umas nocturnas, porque o mar tem-se apresentado calmo (até demais). Acabado de sair das aulas, cheguei ao pesqueiro eram 19:00h.

Enquanto montava a cana, fisgava um zona de pedra onde o mar estava a “trabalhar” bem. Cheguei ao pesqueiro e estava fenomenal, daqueles dias onde pensamos que tem de andar por aqui algum peixe. Mas não andava, lançamento atrás de lançamento……… toques atrás de toques e nem um peixe, comecei a desanimar. Mudo de sítio para uma praia longa, com baixos e cheia de areia (para alguns não há peixe em praias de areia. Vá-se lá saber porquê!

Começo a bater a praia, lançamentos curtos, lançamentos longos e não havia maneira de conseguir enganar um labrax. Vem-me ao pensamento ligar ao Rui “Urubu” e fazer uma pausa, quando uma onda maior se forma. Eu, apesar de estar de fato, não me quis molhar e corri para trás deixando a amostra dentro de água. Sem prever estico a linha, dou duas maniveladas e tzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!



Finalmente, um robalote. Como o peixe se farpou na escoa, pensei que a arrancada que fizera mar dentro se devesse a isso, não podia estar mais enganado. Enquanto dava três maniveladas, ele levava 5 tzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz, pensava eu: "Estou lixado, sozinho e com um bom peixe, como é que o vou buscar à escoa "?

Para meu espanto, o robalo debateu-se parecendo um achigã, aparecendo fora de água para se tentar desferrar! BRUTAL ! Alguns palavrões pelo caminho, já se ia aproximando de mim, quando vejo finalmente o Animal à tona nem queria acreditar no seu tamanho. Aproveito uma onda maior para o trazer até mim, mas o peixe em 30cm de água ainda arrancou em direcção à escoa, já estava a ver a coisa mal parada…… Mas nunca deixei de ter a linha tensa! Mais meio minuto, e numa outra onda consegui metê-lo em seco, e mando-me para cima dele para o agarrar….. ahahahhahaha! Já não escapas! Ainda fiquei uns minutos completamente pasmado a olhar para esse magnífico exemplar e sem dizer uma única palavra.

A lição fica que o mais importante é ir pescar, desta vez não apostava nada pois o mar estava “chão” e a água completamente cristalina, mas este robalo optou caçar pela calada da noite. Lá se vão as teorias…


Robalo c/ 8,420 kgs
Material: Shimano Speedmaster 3m 50-100
Daiwa Exceler Plus 4000E
Power Pro 0,19mm +baixo 0,40mm
Angel Kiss 140
Texto e Fotos: João Pontes
RobalosHotSpot

4 comentários:

Anónimo disse...

Deves querer dizer...5 minutos á Benfica....ó bacano

Juanrra disse...

Esplendido ejemplar,enhorabuena,una captura que nunca se olvida.
Un Abrazo.

Anónimo disse...

fenomenal, muitos parabéns! peixe lindo! do melhor que há! não há muita gente a se poder gabar de tamanho bicho!

movingtobrisbane disse...

I like this blog thanku.
Moving to or Melbourne