Pescar é enfrentar saudáveis desafios, é fazer amizades, é conhecer novos lugares e abrir novos horizontes. É conviver com a natureza. É ser companheiro.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pescar e soltar - como salvar peixes que...


Como todos sabemos, principalmente aqueles que praticam a pesca embarcada, há peixes que chegam à superfície com parte do estômago fora da boca e do intestino fora do ânus, devido à subida rápida à superfície sem tempo para fazerem a necessária adaptação (descompressão), o que faz com a bexiga natatória, que está preparada para a profundidade onde o peixe se encontra, mantenha a sua pressão interna quando, à superfície a pressão externa é muito menor.

Nestes casos, mesmo que devolvamos o peixe à água este é incapaz de mergulhar, mantendo-se à superfície onde, após várias tentativas sem sucesso para voltar ao fundo, acaba por morrer.

Mas quando se é praticante do "pesca e solta; solta" ou nos casos em que não queremos aproveitar o peixe e o devolvemos à água, e para que este não venha a morrer, pode-se salvá-lo fazendo o seguinte:

Com uma agulha hipodérmica de tamanho #10 ou pouco maior, inseri-la cuidadosamente logo abaixo da linha lateral do peixe, num ângulo de 45º e na zona perto da barbatana peitoral, muito devagar. Acabará por ouvir nitidamente os gases a saírem da bexiga natatória quando a atingir. Poderá então devolver o peixe à água e este mergulhará de imediato. Tudo isto deverá ser feito com a maior rapidez para que o peixe regresse ao seu ambiente em boas condições.





Nunca force o estômago do peixe para dentro da boca - este voltará à posição correcta assim que o peixe mergulhar.

2 comentários:

Valdemar Alves disse...

Boas,
Muito interessante e bastante util este artigo.
Sempre me fez pena devolver alguns peixes nesta situaçao sabendo de antemao que a sua sorte sera a morte.
No entanto agradeço que me ajude na parte da agulha quanto a inclinaçao a 45º, qual o sentido de penetraçao? considerando que tenho o peixe num plano horizontal, por exemplo em cima do banco, o sentido e da cabeça para a cauda ou da barbatana dorsal para a anal ou vice versa em ambas as situaçoes?
O meu obrigado pelo artigo.
Valdemar

Katembe disse...

Boas Valdemar e obrigado pelo comentário.
Vice versa em ambas as situações, tal como mostra a figura 3 - sentido cauda para a cabeça e barbatana anal para a dorsal, mas apenas uma ligeira tendência - a penetração deve ser quase na perpendicular.
Abraço.