Pescar é enfrentar saudáveis desafios, é fazer amizades, é conhecer novos lugares e abrir novos horizontes. É conviver com a natureza. É ser companheiro.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

CANDIRU - PEIXE VAMPIRO





CANDIRU - PEIXE VAMPIRO


O Candiru (Vandellia cirrhosa), também conhecido como peixe-vampiro, é um peixe de água doce pertencente ao grupo dos peixe-gato. Pode ser encontrado no Rio Amazonas, e nos seus afluentes e tem a reputação entre os nativos, de ser o peixe mais temido naquelas águas, até mais que a piranha. 

A espécie cresce até dezoito centímetros e tem forma de enguia, tornando-o quase invisível na água. 

O candiru é um parasita; entra nas cavidades das guelras dos peixes, onde se aloja, alimentando-se do seu sangue.

Tem um perfil aerodinâmico, tipo supositório, e, ao ser atraído pelo cheiro da urina (no caso de banhistas nus), nada até penetrar na uretra, no ânus ou na vagina, onde se instala. passando a alimentar-se do sangue e tecidos do agente hospedeiro, só podendo ser retirado através de cirurgia.


Veja aqui o vídeo

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Acidente com cana de carbono - Raio

Todos os pescadores sabem que quando o tempo está de trovoada não se utilizam canas de carbono, pois o risco de atrair um raio é muito elevado. Mas há sempre quem arrisque porque acha que nada vai acontecer - são fenómenos muito raros e que só acontecem aos outros. 
Mas não é assim...

Vejam nas imagens abaixo o que aconteceu a Christian quando pescava de barco, com uma cana de carbono, num dia de trovoada.

O estado em que ficou a cana
internado no hospital




a cana e pedaços dos calções

o raio saíu dos seus pés e fez buracos no chão do barco


já em casa em convanlescença
alguns dias depois de sair do hospital


Fonte imagens: http://imgur.com/



VEJA O FILME COM A NOTÍCIA