Pescar é enfrentar saudáveis desafios, é fazer amizades, é conhecer novos lugares e abrir novos horizontes. É conviver com a natureza. É ser companheiro.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Substituição de passadores e ponteiras

Aqueça sem ser em exagero (com um secador ou isqueiro) a zona do passador que está colada para que o passador se solte, cortando com muito cuidado a linha enrolada com um x-acto.

Depois de retirar toda a cola velha, cole o novo passador com cola epoxy.

Antes de iniciar o enrolamento passe um pouco de cola com um pincel para que a linha vá agarrando.
Faça o enrolamento da linha rodando a cana e não a linha. Depois de aplicada a linha proteja-a com um verniz adequado. (ou cola)



Pode utilizar uma caixa de papelão para auxiliar o enrolamento
Para as ponteiras o processo é semelhante, mas não se utiliza o enrolamento de linha.


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Katembe em Moçambique

Pois é verdade, o Katembe também tem muitos amigos em Moçambique. Este é um deles, o Amândio, que vive em Maputo, nas fotos com uma boa bicuda capturada. Aqui fica um abraço para ele.



segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Tipos de carretos de pesca quanto ao drag

O drag funciona como a "embraiagem" do carreto, num princípio simples - quanto mais apertado menos "patina" e serve para evitar que a linha se parta em esforço, devendo ser regulado para uma carga entre 25% e 33% do valor da carga de rotura da linha que contém, isto porque as indicações do fabricante se referem às linhas novas, mas aquelas que usamos já são usadas, e estão fragilizadas pela exposição solar, nós, atrito na areia e outros factores.

Frontdrag
O tipo mais vulgar, em que o drag é regulado na frente da bobine.



Backdrag
Drag regulado na parte traseira de grande parte do carretos utilizados em água doce, mas também nos carretos de tamanhos pequenos normalmente utilizados à bóia.



Baitrunner
Trata-se de um sistema de drag que se solta totalmente e volta a prender a embraiagem de forma simples. É muito utilizado na pesca da carpa - a ideia é deixá-las fugir com o isco sem qualquer resistência para que a ferragem seja melhor e mais fácil.





Quickdrag
Sistema de drag em que com menos de uma volta do manípulo (porca) da embraiagem a bobine passa de solta a completamente fechada (presa).

Imagens: net
Texto: J.M. Araújo/Katembe

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Como apanhar canivetes / navalhas

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Sargos - Costa Vicentina


Fim de semana prolongado em Aljezur - 19 sargos e 7 safias. Foram uns diazitos bons para matar a saudade - bom tempo, excelente ambiente natural, como sempre, e alguns bons peixes a complementar! E no fim do dia ao jantar, sargos assadinhos no carvão com batata doce de Aljezur... estavam incrivelmente gordos, pareciam sardinhas!
Jorge Ponte



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ALTERAÇÃO DAS REGRAS DA PESCA LÚDICA EM PORTUGAL


Uma alteraçao da legislação que regulamenta a pesca lúdica, actualmente em vigor, deverá ser aprovada na próxima semana, na sequência de uma proposta de um grupo de trabalho criado pelo Governo, que integra várias comissões de pescadores.


Uma das alterações será o fim das licenças de pesca local apeada nos moldes actuais (é emitida para a área de uma só capitania e limítrofes, com um preço de 6 euros ano), que serão substituídas por apenas uma licença de pesca apeada válida para todo o território nacional, sendo o valor alterado para 8 euros / ano.

Também o valor das coimas actuais deverá ser alterado para cerca de metade, uma vez que foi reconhecido o seu exagero. ( a falta de licença  de pesca implica, na legislação em vigor, coimas entre os 500 e os 3.740 euros).

No PSACV – Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, onde apenas os residentes podem proceder à apanha de marisco, e onde também é proibido pescar às quartas-feiras, a proposta contempla o fim destas discriminações, bem como o fim do defeso do sargo.

O Katembe saúda estas alterações, que pretendem corrigir algumas verdadeiras barbaridades herdadas do anterior Governo, e que motivaram, na altura, várias manifestações de pescadores, desagradados com as medidas aprovadas.

Ainda que se desconheçam neste momento todas as alterações propostas, estamos convictos de que muita coisa ficará na Lei que necessita de ser alterada,  pois esta legislação afecta de forma injusta os cerca de 200 mil pescadores lúdicos portugueses.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

PARA PESCADORES - Um serviço único no mundo

A Empresa Pinhal Pesca, com sede no Pinhal Novo (Setubal) lançou um novo serviço para pescadores que, acredito, seja único no Mundo !!! Espreitem o anúncio deste serviço inovador...