Pescar é enfrentar saudáveis desafios, é fazer amizades, é conhecer novos lugares e abrir novos horizontes. É conviver com a natureza. É ser companheiro.

domingo, 19 de junho de 2011

Pescaria embarcada em Matosinhos

Neste Domingo lá fizemos mais uma pescaria embarcada; no entanto este tipo de pesca mudou tanto e para melhor que me senti do século passado apesar de ter apenas 34 anos; a verdade é que fui evoluindo no spinning e adormeci na embarcada. No meu carreto podem ver ainda mono, mas todo o barco pescava com multi - o mono até é engraçado a lutar com peixes maiores, mas a pouca profundidade - quando o mestre mudou para outra zona a 60 M de profundidade as coisas complicaram-se e muito, com o peixe desconfiado e água parada quando sentia o toque já era muito tarde devido á elasticidade do fio.

As canas tornaram-se também maiores mas aí acho que vou ficar quietinho, não gosto da curvatura que estas novas canas fazem e a minha dá para os gastos.

Outra coisa que mudou foi também os iscos, noutros tempos era o camarão congelado e a sardinha, agora estão finos, os meus colegas usaram a ameijoa que além de ser mais barata provou ser mais eficaz para os peixes mais nobres.

Tenho que me actualizar com estas modernices todas.




O resultado ainda foi uma lula de bom tamanho pescada com a toneira que aparece no inicio do filme e também um polvo, e em relação a peixe cerca de 13 Kgs, nada de especial, com muita faneca pelo meio.

Boas pescas e boas partilhas

JP (Vídeo e texto
)

Sem comentários: